Manejos de parto e nascimento

Dicas, principais objetivos e manejos sobre parto e nascimento, como anotação de dados, cura do umbigo, colostragem, identificação e manejos sanitários.


Principais objetivos: 

  • Proporcionar um parto tranquilo para a vaca e o bezerro
  • Levantar dados zootécnicos para o controle da fazenda; 
  • Aumentar a resistência do bezerro contra as principais doenças;
  • Garantir um puerpério adequado às vacas para a próxima estação de monta.

 

Principais manejos: 

  • Anotação de dados – identificação da mãe, data do nascimento, sexo, peso ao nascer, raça, observações adicionais; 
  • Cura do umbigo – deve ser feita com iodo 10% ou clorexidine 5%. O corte do cordão só é recomendado se ele for muito comprido; 
  • Colostragem – o bezerro deve mamar o colostro. Caso isso não aconteça, é necessário um auxílio; 
  • Identificação – deve ser colocado brinco ou boton para identificação do bezerro. Ou a orelha deve ser furada, para colocação posterior; 
  • Manejos sanitários – aplicação de Trucid® (doramectina 1%) para a prevenção de bicheiras de umbigo e Baycox® 5% (toltrazuril), para a prevenção de diarreias por coccidiose. 

 

Dicas: 

  • A estrutura para manejo do bezerro deve oferecer segurança a todos os envolvidos no processo: vaca, bezerro e funcionários. A higiene do local de manejo e dos equipamentos (tesouras, alicates, seringas, etc) é fundamental para proporcionar saúde;
  • As vacas devem se recuperar adequadamente após o parto para que retornem à ciclicidade e possam ser acasaladas o mais rápido possível.


PM-BR-21-0537

Siga a Elanco


Elanco e o logo em barra diagonal são marcas da Elanco e suas afiliadas ©️2021. Todos os direitos reservados. EM-BR-21-0079