Notícias

Aqui você encontra uma atualização diária com as principais notícias para você ficar por dentro de tudo o que acontece no mercado de cria.


NA PECUÁRIA DE CRIA, INVESTIR É ESSENCIAL PARA RESULTADOS A LONGO PRAZO

Bezerros nelore mamam em vacas nelore em frente cerca de arame na pastagem


Apesar dos desafios dos custos de produção, o produtor deve seguir investindo na pecuária de cria para obter bons resultados, é o que diz José Luiz Moraes Vasconcelos, o professor Zequinha, da Unesp de Botucatu-SP.

  • Projeção deve ser feita a médio prazo
  • Estação de monta 2021/22
  • Fazenda nota 10


PROJEÇÃO DEVE SER FEITA A MÉDIO PRAZO

Nesse sentido, o professor sugere que o criador projete o cenário para um futuro de médio prazo. “Na realidade, eu tenho que olhar para dentro de casa e ver o que eu quero daqui a cinco anos. Se quero continuar produzindo bem, com eficiência, não posso tirar o pé do acelerador, tenho que continuar na mesma sequência. Cria é a médio e longo prazos. Se eu tirar o pé hoje, eu faço economia agora, porém, daqui a três anos, pode ser que eu pague a conta por essa economia”, alertou.

“Se você quer se manter na atividade, quer melhorar, continue investindo, fazendo o seu melhor. Assim, você tem diluição do custo fixo do sistema. E animais melhores sempre têm maior valor no mercado, sempre é assim. Animais de qualidade têm mais valor agregado e maior capacidade de oferecer retorno econômico”, concluiu.


ESTAÇÃO DE MONTA 2021/22

De acordo com o professor Zequinha, um dos principais desafios da última estação de monta foi a seca severa. O produtor da pecuária de cria entende cada vez mais a relação entre nutrição e eficiência reprodutiva. E os animais de maior potencial genético inspiram mais cuidados para expressarem esta condição. “Em outras palavras, quanto mais inseminarmos, mais vamos precisar melhorar o manejo. Porque esses animais têm maior potencial e, consequentemente, maior exigência”, comentou.

Outra lição da última estação de monta para a pecuária de cria foi a importância do planejamento. A aquisição antecipada de insumos e a organização do manejo são fundamentais para o resultado do criador. O ideal é finalizar em agosto o planejamento da monta que se inicia por volta de novembro”, disse Zequinha.


FAZENDA NOTA 10

E o professor da Unesp de Botucatu celebrou o fato de integrar, agora, o rol de embaixadores do Fazenda Nota 10. O programa foca na capacitação em gestão e comparação de resultados de fazendas de gado de corte e é fruto de parceria entre Friboi e Inttegra. Na iniciativa, pecuaristas parceiros da indústria ganham desconto de 75% do custo total dentro do programa.

Ele chamou atenção para o papel das empresas privadas na extensão rural e destacou a abrangência do programa, além da coleta de dados, como também do retorno ao produtor em forma de comparação. “É um ciclo de boas informações que o produtor vai receber. Então vai crescer bastante, sem dúvida alguma. E eu fico feliz em estar participando desse projeto que, acredito, vai ser revolucionário no sistema de cria”, disse Zequinha. E aproveitou para reforçar o convite para que os pecuaristas de corte possam integrar a próxima turma do Fazenda Nota 10, que está com inscrições abertas.



Siga a Elanco


Elanco e o logo em barra diagonal são marcas da Elanco e suas afiliadas ©️2021. Todos os direitos reservados. EM-BR-21-0079